Notícias Adventistas

Emanuelle Sales

Emanuelle Sales

Imagem & Semelhança

Beleza e vestuário analisados segundo os critérios da Bíblia Sagrada em uma linguagem mais informal.

Imagem pessoal do cristão coerente

Certo dia, eu estava num salão de beleza esperando ser atendida. Peguei uma revista na mesinha de centro para passar o tempo lendo alguma coisa interessante. De repente, a primeira matéria que vejo é a de um tratamento inovador contra a calvície, oferecido por determinada clínica, prometendo solucionar de vez esse problema masculino. O irônico era que o doutor responsável, que estampava a página com sua foto, não tinha um único fio de cabelo. Como toda mulher, fui super discreta — só que não. Caí numa risada louca e tive de explicar publicamente a razão disso. Fiquei me questionando: “Como alguém pode levar a sério o trabalho desse cirurgião?”. Por mais que ele não se incomode de ser careca e prefira permanecer assim, é inevitável que perca a credibilidade por conta de sua imagem contraditória à sua profissão.

Seja lá qual for seu estilo de vida, profissão ou religião, saiba que você é seu maior marketing. Sua imagem é a recomendação da sua personalidade, especialidade e até mesmo da sua crença. Por vezes, nós nos deparamos com notícias como essa: “preso suspeito de falsidade ideológica, falsa identidade e de exercício irregular da profissão”. Você acredita que tem até médicos falsos por aí? Virou manchete no país, por exemplo, um filho que usava a identidade do pai, que é médico, para trabalhar em um hospital. Que absurdo, não? Falsidade é algo que causa repulsa e indignação nas pessoas. Qualquer um perde a credibilidade depois de uma atitude dessa. Se você carrega o título de cristão, é de se esperar esta seja uma identidade legítima. Afinal, você não gostaria de, literalmente, tomar o nome de Deus em vão, certo?

Já vimos em outras matérias nesta coluna a influência da nossa imagem, que é bem maior do que se imagina. O fato é que o que usamos afeta a forma como agimos e como o mundo nos vê. Como você tem investido no seu marketing pessoal (marca pessoal)? Cuidado ao se vestir. Tenha certeza de que sua aparência transmite exatamente sua verdadeira personalidade. Esta é a lei do dress to impress. “Mas que expressão da gringa é essa, Manu?”, você pode estar se perguntando. Veja seu significado:

“Dress to impress” é uma expressão do mercado corporativo americano que possui o seguinte significado: vista-se para ser visto. Sem exageros, sem extravagância, com discrição, mas desenvolvendo um estilo pessoal facilmente reconhecível. (Definição dada por Carlos Hilsdorf, consultor e pesquisador do comportamento humano, autor do best seller Atitudes Vencedoras)

Quando alertamos aqui para o cuidado com a aparência pessoal, incentivamos a coerência. Não se trata de julgar um livro pela capa, mas sim de acreditar que ela expressa, obviamente, seu conteúdo. E sobre você, há coerência entre sua exterioridade e sua alma? “O Senhor não vê como o homem: o homem vê a aparência, mas o Senhor vê o coração” (I Samuel 16:7). Mas para quem é que sua luz deve brilhar? “Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens” (Mateus 5:16). Deus é o único que tem poder de ver nossa alma, o homem só pode ver o que é exteriormente visível. Por isso, Deus, usando toda sua lógica e sabedoria, nos alerta quanto à imagem pessoal, pois é isso que a humanidade enxerga quando andamos pelas ruas. Quer que o mundo perceba que é filho de Rei? Porte-se como um. Aja como um. Fale como um. Vista-se como um.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox