Notícias Adventistas

Carolyn Azo

Carolyn Azo

Desafios Espirituais

Reflita sobre as vicissitudes da vida em sua caminhada diária com Deus e saiba que ainda existe esperança.

A poucos segundos do fim!

Reloj-antiguo

Sentada à minha mesa, em uma manhã fria e cinzenta, senti a necessidade de buscar plenamente a presença de Deus em oração. Meu culto pessoal foi insuficiente em um mundo como o que vivemos e com os desafios que enfrentamos diariamente. “Como podemos viver na presença de um Deus santo se somos bombardeados por tanta maldade?”, eu perguntei. Parece como se fôssemos obrigados a ver, ouvir e sentir a maldade na própria carne. Caí de joelhos e supliquei ao Senhor que viesse logo.

Então me lembrei de que desde pequena tenho ouvido que Jesus virá em breve. Até mesmo posso ouvir as pessoas rindo quando ouviam que Jesus viria em breve. Confesso que, algumas vezes, minha fé enfraqueceu e pensei que Jesus não voltaria. Porém, ao estudar a Bíblia, minha fé se fortalece dia a dia. Agora, mais do que nunca, os tempos mudaram e o que parecia impossível acontecer está acontecendo. Louvado seja Deus por isso. Nossa redenção está próxima!

A escritora norte-americana Ellen White advertiu, em 1909, quanto ao que aconteceria no futuro, com base na Bíblia: “As calamidades em terra e mar, as condições sociais agitadas, os rumores de guerra, são portentosos. Prenunciam a proximidade de acontecimentos da maior importância. As forças do mal estão se arregimentando e consolidando-se. Elas se estão robustecendo para a última grande crise. Grandes mudanças estão prestes a operar-se no mundo, e os acontecimentos finais serão rápidos.” Beneficência Social, p. 134. Posso afirmar que vivemos nestes tempos e juntos podemos dizer amém, porque tudo o que a Bíblia fala quanto às profecias será cumprido rapidamente de forma extraordinária.

Creio que a maioria notou que nestes últimos anos a profecia de Mateus 24 está ganhando força. Quando parece que já vimos tudo, na verdade ainda não vimos nada. Isso não ocorre com você? Os anos de 2014 e 2015 parecem que estão sendo cruciais no desenvolvimento das profecias de Daniel e Apocalipse. Bem que a Bíblia diz: “quem lê, entenda” (Marcos 13:14).

Apenas alguns exemplos: as mudanças climáticas no mundo todo (Mateus 24:7); a violência no Oriente Médio e sem ir tão longe, em nosso bairro, em nossa cidade ou país (Mateus 24:12); o ecumenismo religioso, poderes que não se imaginava que algum dia se uniriam, está ocorrendo diante de nossos olhos (Apocalipse 13:4, 5). A Bíblia diz: “Se alguém tem ouvidos, ouça” (Apocalipse 13:9). E se você deseja compreender um pouco mais quando falo de poderes mundiais, convido-o a ler todo o capítulo 13 de Apocalipse, em oração, porque agora mais do que nunca nossa redenção está próxima. E como esquecer outro dos maravilhosos sinais: que o evangelho do reino seria pregado no mundo todo? Talvez você esteja pensando que isso é quase impossível, pois a cada segundo nascem milhares de bebês no planeta. Porém, Deus está usando meios extraordinários para chegar aos rincões mais distantes do globo.

Talvez alguns de vocês tenham lido, há alguns meses, uma notícia que fez meu corpo estremecer. Milhares de nossos irmãos muçulmanos e hindus estão recebendo sonhos, onde Jesus conversa com eles e os leva à cruz, mostra Suas mãos com as marcas dos pregos, etc. Porém, devido às constantes ameaças, muitos deles vivem sua fé na clandestinidade ou buscam cristãos e lhes pedem que lhes expliquem a respeito de Jesus.

“Na igreja, se você perguntar quantas pessoas viram a Cristo, cerca de 80% responderão: ‘Eu O vi em um sonho’”, afirma uma das assistentes da igreja secreta em um país da Ásia Central, cuja identidade é protegida por motivos de segurança. Então, resta alguma dúvida de que o fim está próximo? Estou certa de que apenas aqueles que não leem a Palavra de Deus assiduamente poderão passar por alto esses sinais, mas Deus, em Sua misericórdia, segue chamando-os ao arrependimento.

Qual é a nossa tarefa para este tempo?

O lema da Assembleia mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia em 2015, que reúne adventistas do mundo inteiro a cada cinco anos, e que será realizada de 2 a 11 de julho, em San Antonio, Texas, Estados Unidos, me inspira a lhes dizer pessoalmente e com confiança: “Levante-se, resplandeça, Jesus virá em breve!” A Bíblia é clara quando diz: “Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte.” (Mateus 5:14) E o verso 16 segue dizendo: “Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus.”

Se não permitirmos que Jesus resplandeça em nós, a cada dia, como pretendemos ser a luz do mundo? Dedique a Deus as primeiras e as últimas horas de seu dia, de forma especial, para que lhe seja possível vencer a tentação. E você viverá todo o dia diante da presença de Deus. Assim os demais verão a que Deus você serve. Vamos, desperte do sono, Jesus breve virá!

“Satanás concebe inumeráveis planos para nos ocupar a mente, para que ela se não detenha no próprio trabalho com que deveremos estar mais bem familiarizados. O arquienganador odeia as grandes verdades que apresentam um sacrifício expiatório e um Todo-poderoso Mediador. Sabe que para ele tudo depende de desviar a mente, de Jesus e de Sua verdade.” (Cuidado de Deus, p. 77)

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox