Notícias Adventistas

Carlos Magalhães

Carlos Magalhães

Igreja Conectada

Coluna fala sobre como levar a mensagem de Cristo ao maior número possível de pessoas com tecnologia digital e os recursos presentes no universo web.

O poder do clique

internet

Em 2015 circulou a história de uma criança que, sem entender, comprou um carro pela internet enquanto clicava no celular do pai[1]. Lembro ainda de um vídeo comercial que mostrava uma empresa aumentando a impressão de um enciclopédia porque percebeu muitos cliques nos anúncios. Na verdade, era um bebê, sem coordenação motora, que clicava várias vezes no mesmo anúncio[2]. Esses são exemplos interessantes sobre o poder do clique, mas existe um outro que gostaria de comentar agora.

 

No último artigo sugerimos uma forma sistemática para falar ou compartilhar algo sobre Deus na Internet. Chamamos isso de “Dízimos das Redes Sociais”. Agora, gostaria de insistir um pouco mais explicando como seu clique pode levar vida ou morte para as pessoas.

Nos velhos tempos da Internet, um dia criamos uma equipe de evangelismo para o site Advir.com. Uma das experiências que lembro foi uma ocasião quando uma simples frase do livro Caminho a Cristo, “teclada” numa sala de bate-papo, foi uma resposta de Deus para alguem que morava do outro lado do mundo e estava com uma arma engatilhada para cometer o suicídio. Um simples clique no botão que enviou uma mensagem, interrompeu uma tragédia e mudou a história de alguem.

Acho que não podemos imaginar como Deus pode usar nossos cliques ou um toque na tela do smarphone para ajudar outras pessoas. Algo que precisamos fazer é colocar esses recursos nas mãos dEle e permitir que nos use.

Você já sabe que a maioria das redes sociais possuem regras para distribuir um conteúdo. O Facebook, por exemplo, monitora o quanto um post é visto, curtido, comentado e compartilhado. Ele entende que quanto mais interações exisitrem, mais relevante é o conteúdo e então decide distribuir para mais pessoas. Por isso, alguns conteúdos se tornam virais, com milhões de pessoas alcançadas.

Agora imagine: quando você curte, comenta ou compartilha algo sobre Deus, o Facebook vai entregar isso para mais pessoas. Na verdade, você está dando a outros a oportunidade de vida e salvação. Por outro lado, se a gente curte ou passa tempo em algo que não é bom, o algoritmo da rede social também entende que se gostamos disso, outros também vão gostar e ela multiplica o mal para outros. Já pensou na responsabilidade que temos?

Minha sugestão para você é que olhe essa questão seriamente e pelo lado positivo. Idealize quantas pessoas você poderá ajudar hoje com um simples clique. Se você não cria conteúdo, então pode visitar as redes sociais da igreja para curtir e compartilhar coisas que podem ser úteis para os outros. Mas, não é só no Facebook. Você também pode dar um “like” e comentar no Twitter, Instagram, Youtube, etc… e levar esperança para milhares. Seu clique tem muito poder…

Antes de concluir preciso fazer uma confissão e ser honesto com você… na verdade o poder não está no seu clique ou no conteúdo que você compartilha. O poder está em Deus que usará sua ação para falar ao coração de alguem, para sarar uma ferida emocional, para dar conforto a quem perdeu um ente querido, para dar paz a quem está angustiado, para levar esperança quem não vê mais sentido na vida.  Em outras palavras… o seu simples gesto de clicar, aliado ao poder divino é que vai levar vida e esperança às multidões conectadas. Faça essa parceria com Deus nas suas redes sociais. Experimente o poder de Deus no seu clique.

“Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê…”. Romanos 1:16

[1] http://www.correio24horas.com.br/detalhe/noticia/crianca-de-2-anos-compra-carro-pela-internet-enquanto-mexia-no-celular-do-pai/?cHash=d60aff5a3692b9a75c9c0d5263d2893d

[2] https://youtu.be/aH41_Dc0yQk

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox