Notícias Adventistas

Ana Paula Ramos

Ana Paula Ramos

Missão e Voluntariado

Até onde vão pessoas que se colocam nas mãos de Deus para servir na missão de pregar o evangelho.

O trabalho mais legal do mundo

A simpatia das crianças refugiadas galardoa o trabalho dos voluntários em missão no Iraque. Foto: Cárolyn Azo / Adventist Help

“Vocês são a geração eleita, os sacerdotes do Rei, uma nação separada, o próprio povo de Deus, escolhidos para proclamar as maravilhas que Ele faz, os que foram chamados das trevas para a Sua maravilhosa luz”.

Essas foram algumas das palavras da primeira carta de Pedro aos cristãos. Que privilégio e que responsabilidade fazer parte desse povo!… Ser chamado de acordo com o propósito de Deus, o Pai, e ser separado pelo Espírito Santo para obedecer a Jesus Cristo. Você consegue se enxergar assim? Conheço e tenho convivido com alguns que levam a vida sob este lema.

Reli a primeira carta de Pedro há algumas semanas, e, enquanto sublinhava o segundo verso do primeiro capítulo e o nono verso do segundo capítulo, vinha à minha mente o nome de pessoas que conheci e que se encaixam perfeitamente com a descrição. O que elas tinham em comum? Todas são voluntárias a serviço de Deus. Estudantes, advogados, professores, nutricionistas, psicólogos, médicos, marceneiros, pedreiros, eletricistas, arquitetos, aposentados, engenheiros, administradores, dentistas, juristas, enfermeiros, educadores, funcionários públicos e até um perito criminal.

Desde 2013, tenho encontrado pessoas de todas as faixas etárias e diferentes formações descobrindo-se como povo de Deus, sentindo-se, realmente, separados, parte da geração eleita. Pessoas que, ao servir usando seus próprios recursos e talentos, todos dados por Deus, reencontraram seu propósito de vida como cristãos.

Leia também: Sirva pelo motivo certo

Dedicar um, dois, ou três anos de vida para servir a uma instituição ou em outro país; trabalhar o ano todo esperando seus merecidos 30 dias de férias, e usar 21, ou todos eles, para carregar tijolos, pintar paredes e continuar trabalhando, mas de graça e em nome de Deus, para atender a quem precisa, é próprio de uma geração eleita. Só faz sentido para o povo de Deus! Acredite, está cada vez mais desafiante encontrar pessoas realmente dispostas a viver assim. Mas não tenha dúvidas de que os que se identificam com essa geração são parte dela por toda a vida.

Hoje, dia 05 de dezembro, é o dia internacional do voluntário, que, para nós, povo de Deus, tem um significado ainda maior. A geração eleita de voluntários de que estou falando serve ao Rei do Universo. Não há trabalho mais recompensador e transformador do que esse! Louvo a Deus por ter o privilégio de trabalhar entre eles aqui, no Egito.

Você também pode fazer parte desse grupo. O convite está aberto porque ainda há trabalho a ser feito! Acesse aqui.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox