Notícias Adventistas

Centenas de adolescentes se reúnem em programa espiritual

 

Jovens deixaram os grandes centros e participaram de atividades que visaram o desenvolvimento de vários aspectos.Taquara, RS…[ASN] Ficar do lado oposto da maioria não é uma postura tranquila de ser incorporada na vida, inda mais quando o indivíduo envolvido na situação se trata de um adolescente. Mesmo assim, se engana quem acha que os jovens da região central do Rio Grande do Sul pensam assim. Centenas de adolescentes resolveram sair do conforto de suas casas no fim de semana para desfrutarem do Adoletchê, uma iniciativa que ocorre a cada dois anos, visando desenvolver aspectos físicos, mentais e principalmente espirituais.
Os mais de 350 jovens que estiveram presentes no programa, que ocorreu no Instituto Adventista Cruzeiro do Sul (IACS), em Taquara, puderam abrir o coração a Deus através de música, oração e reflexões sobre a vida pessoal e espiritual. Os convidados especiais que tiveram a palavra foram Roberto Motta, conferencista de São Paulo, o palestrante e servidor federal, Robson Amorim e a psicóloga Carolina Raupp. Alguns trechos do programa também foram dirigidos pelo pastor Alex Guimarães, capelão do Colégio Adventista Marechal Rondon (Camar), além da participação do pastor Moisés Mattos, presidente da Igreja Adventista na região central do RS. A música ficou por conta do cantor Jeferson Pillar, da gravadora Novo Tempo.

No primeiro dia, um grupo de teatro do Colégio Adventista Marechal Rondon (Camar), de Porto Alegre, também esteve no programa, fazendo uma encenação que demonstrou as diversas formas de atuação do poder de Deus, com trechos de histórias bíblicas.

Durante cada um dos três dias, o pastor Roberto Motta tinha uma mensagem específica direcionada aos jovens, enfatizando os benefícios de se andar de acordo com os princípios de Deus, ainda que seja contrário a alguns valores deturpados, ensinados pela sociedade. “Quando um jovem resolve seguir a Jesus em toda e qualquer circunstância, ele está vivendo na contramão de muita coisa que acontece por aí. Isso tem um custo alto, mas os benefícios são altíssimos”, enfatiza. Da mesma forma, o pastor Moisés Mattos concorda que é este tipo de princípio que move a vida, tornando-a melhor, e que viver desta maneira vale a pena por conta da esperança no amanhã.

Um dos momentos marcantes se fez quando o Motta contou a história de um homem que chegou ao fundo do poço, ao experimentar níveis cada mais fortes de atitudes erradas. Ao final da história, o orador revelou ser ele, o homem da história, enfatizando a ideia de que não é preciso errar para saber o quanto isto pode prejudicar a vida. “Você não precisa conhecer o que eu conheci para ter uma experiência melhor. Vida plena é alcançada apenas quando você tem Jesus na sua vida”, enfatiza.

No sábado pela manhã, todos os participantes tiveram um momento a sós com Deus. Fora dos limites do auditório, cada jovem saiu com sua Bíblia e um livro preparado para a ocasião em direção a para um lugar tranquilo para meditação durante 50 minutos.  Questionada sobre o possível sacrifício em acordar cedo no sábado pela manhã para realizar a atividade, a adolescente Tanira Prieto afirma não ter encarado a situação com dificuldade. “É algo normal. A gente também acorda cedo pra ir pra escola. Está sendo muito bom pra minha vida espiritual”, afirma a adolescente Tanira Prieto.

O início da tarde foi reservado para gincanas bíblicas, onde os adolescentes foram divididos em grupos de por cores em um clima de competição, onde desafios envolvendo a leitura e os conhecimentos do livro sagrado eram testados. À medida que cumpriam os requisitos com rapidez, os grupos mudavam de lugar, onde haviam líderes que faziam os questionamentos.

Após a atividade, foi aberto um espaço para que os adolescentes fizessem qualquer tipo de pergunta relacionada a temas religiosos. O painel foi formado pelos pastores Roberto Motta e Moisés Mattos, os palestrantes Robson Amorim e Caroline Raupp e o cantor Jeferson Pillar.

Logo em seguida, o cantor fez um musical completo com as músicas de seu CD “Festa no céu”. Mais tarde, era hora de relaxar. Uma festa da amizade, comum nos ambientes de internato foi preparada no refeitório da instituição. Os participantes puderam ir trajados com roupas típicas do Hawaí. Em seguida, ainda houve uma série de brincadeiras em uma das quadras do internato adventista, dirigidas pelo líder dos jovens na região central do estado, pastor Elton Bravo. Para aqueles que preferissem, outras quadras estavam abertas, com jogos de futebol, basquete e vôlei.

O último dia do evento, domingo, reservava surpresas. Depois de algumas gincanas realizadas na quadra, coordenadas pelos professores de Educação Física do Camar, Fernando Braga e Luciane Vargas, os adolescentes receberam chinelos com o nome do evento escrito propositalmente de forma incompleta. Durante o apelo do pastor Roberto Motta, os adolescentes escreveram a letra “T” (única letra faltante na palavra Adoletchê) em forma de cruz, com canetas vermelhas, tornando prática a ideia de que a aceitação do sacrifício de Jesus na cruz é o que preenche e dá sentido real a vida.

Em seguida, os jovens foram deslocados para o ginásio de esportes, onde ocorreu uma cerimônia de batismo, onde os adolescentes Luis Almir e Nicole Rocha, de Sâo Gabriel, demonstraram sua aceitação aos princípios de Deus ao serem imersos na água, de forma simbólica.

“A gente pôde aprender um pouquinho mais sobre Deus e estar perto dEle de uma forma mais divertida e descontraída”, ressalta a adolescente Débora Kirsch. Já Carol Martins, jovem que passou a frequentar a Igreja Adventista a pouco tempo por influência de amigas, ressalta que foi importante encontrar “pessoas que possuem o mesmo pensamento” que ela.

Com o fim do evento, a líder do Ministério da Criança e do Adolescente, Samara Zabel, acredita que os adolescentes precisam estar convictos de suas crenças, agora que enfrentarão os desafios no dia a dia. “Eles vão precisar ter a certeza de que estão no caminho de Deus, apesar de estarem na contramão do mundo”, recomenda. O próximo Adoletchê está previsto para acontecer em 2014. Acesse a galeria completa de imagens dos três dias de Adoletchê no Facebook da ACSR  http://www.facebook.com/acsr.rs [Equipe ASN, Willian Vieira]

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox