Notícias Adventistas

Calebes impactam Recife

Mais de mil jovens se espalharam pelo litoral e zona da mata de Pernambuco para levar, além do evangelho, projetos de ajuda humanitária.Recife, PE…[ASN] Um pacote de cal, um balde com água e duas horas com a mão na massa. Esses três elementos, aliados a vontade de fazer diferente, foram suficientes para que três jovens em Vitória do Santo Antão, Pernambuco, reformassem as paredes de uma pequena casa no subúrbio da cidade. Mas eles não foram os únicos. Juntos a mais de mil jovens, adultos e até idosos de Pernambuco, tornaram-se Calebes no mês de julho com o objetivo de fazer a diferença, começando por uma semana de arrojados projetos de impacto social.

Nos oito primeiros dias de campanha, o púlpito e os louvores das conferências foram trocados pelas ruas, pelo contato, pelo conhecimento. Mostrar Jesus sem especificamente falar sobre Ele, mas agindo como Ele agiria. “Restauramos praças, revitalizamos jardins, rebocamos e pintamos casas, fizemos sopões, cestas básicas, ações de saúde, recreação para crianças, passeatas contra violência, bulling e muito mais. Quando o assunto é ajudar o próximo, surge uma infinidade de possibilidades, e as nossas equipes aceitaram esse desafio e deixaram uma marca na vida dessas pessoas”, comentou o pastor Péricles Barbosa, coordenador do projeto para o Grande Recife.

Só dentro da cidade de Vitória do Santo Antão, há 50km do Recife, 150 jovens estão engajados no projeto. O grande número de adeptos a campanha do mês de julho, segundo o coordenador do projeto, também se deve a outro fator: apoio pastoral. “Em janeiro, os pastores estão de férias e as equipes não podem contar com a participação dos seus pastores, mas agora é diferente! Temos nossos líderes dentro do campo, ajudando e motivando a turma!”.   Foi exatamente a cena que vimos em Vitória de Santo Antão, com a motivação do pastor João Inácio. Na comunidade Arthur Lundgren, na cidade de Paulista, na Zona Metropolitana, o exemplo se repetiu. A equipe de Calebes está contando com a participação do pastor do distrito, Carlos Gustavo.

Missão a prova d’água – Na última segunda-feira, 9, uma das equipes vestiu o uniforme da Missão e tomou a estrada para Porto de Galinhas, a praia mais famosa do estado. Durante o trajeto, sol forte, céu azul, dia bom pra pegar onda, mas, o objetivo por lá era outro. “Viemos trazer a Grande Esperança para banhistas e moradores. Acreditamos no poder que a juventude tem na pregação do evangelho, e nosso papel, é apoiar e estar presente!”, comentou o pastor da região, Samuel Cândido, que esteve apoiando a equipe, junto com a filha, que é Calebe, na distribuição dos livros.

E se o desafio era levar o evangelho para o mar, esse não foi o único tipo de água que os Calebes da Associação Pernambucana tiveram que enfrentar. A Missão Calebe é tradição do mês de janeiro, pleno verão brasileiro. Mas, em julho, a situação é bem diferente. Para o litoral, é tempo de chuva.“É o mês que mais chove pra nossa região, mas, estamos satisfeitos porque nossa juventude está sendo ousada. Eles não apenas apoiaram e estão participando do projeto, como estão encarando esse tempo difícil, com muita chuva e pouco conforto. Isso é missão”, comentou o coordenador do projeto, pastor Péricles.

Os Calebes do Grande Recife já começaram os programas evangelísticos e continuam deixando a marca cristã em diversas ações pelas cidades onde passam até o dia 29 de julho. Mas, antes do término da campanha, no dia 22, todos eles vão se reunir, junto a amigos que estão estudando a bíblia, no teatro Guararapes, em Recife, para um congresso de intercessão e aprendizado. A programação vai contar com a participação do professor Leandro Quadros, apresentador do programa Na Mira da Verdade, da TV Novo Tempo, com o objetivo de tirar dúvidas e preparar a juventude para a última semana da campanha em suas cidades.

DE OLHO NA TELA! – Acompanhe a reportagem em vídeo da semana de impacto da Missão Calebe da Associação Pernambucana nesta sexta, 13, às 20h, no programa Revista Novo Tempo, na TV Novo Tempo (Sky canal 14 ou pelo site novotempo.com).  [Equipe ASN, Rebbeca Ricarte]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox