Notícias Adventistas

Batismos em 2012: 2.443 pessoas entram para as igrejas

Momento que marca a entrega de vida para Jesus: batismoSão Paulo, SP… [ASN] Em 2012, mais uma vez, a Paulistana decidiu i investir bastante no evangelismo. O trabalho de levar a mensagem adventista para novas pessoas é considerado essencial. Por isso vários projetos foram colocados em prática a ao final do ano, foram contabilizadas 2.443 novos membros entre as igrejas que pertencem ao espaço territorial da associação.

De acordo com Cirilo Gonçalves, evangelista da Paulistana, a estratégia de trabalho foi dividida em duas categorias: tradicionais e evangelísticas. A tradicional baseia-se nas atividades que normalmente acontecem nas igrejas. Como a Semana Santa, classes bíblicas, pequenos grupos, orações intercessórias e duplas missionárias. Em 2012 ainda teve reforços importantes com o Evangelismo Via Satélite e também o projeto de Evangelismo Integrado de Colheita (EIC), que aconteceu na baixada santista.

As táticas evangelísticas mais avançadas compõem-se basicamente das séries especiais de colheita.  Realizadas pelo departamento de evangelismo, elas aconteceram em 23 distritos. Nela, a associação disponibiliza um grupo de instrutores bíblicos para trabalhar no lugar específico dando assistência na área religiosa para as pessoas da região. O resultado pode ser visto com um número maior de pessoas estudando a Bíblia e indo as igrejas, o que, consequentemente, gera mais decisões. Além disso, o Evangelismo da Paulistana também realiza treinamentos específicos para os líderes do setor de cada igreja.

O pastor Cirilo agradece muito a Deus por prover sabedoria, saúde e disposição a todos que se entregaram de corpo e alma ao propósito de salvar pessoas. Mas seus agradecimentos se estendem. “A todos os pastores, a administração e todos os membros que colaboraram. Que possamos continuar orando pelo reavivamento e reforma e intercedendo pelos interessados em aceitar a Jesus”, afirma.

Sidionil Biazzi, presidente da Paulistana, também agradece aos esforços de quem esteve envolvido com o trabalho evangelístico. Para ele, os números simbolizam o crescimento da igreja, pois cada um deles representa uma nova pessoa no reino de Deus. “A esperança é que essas pessoas, agora, sigam o exemplo, e tragam outras, e assim, mais e mais, essa grande família cresce para honra e glória de Deus”  diz o pastor.

Os 2.443 batismos da Associação Paulistana somados aos outros que ocorreram no restante todo o estado de São Paulo chegaram, em 2012, a marca de 16.094. [Equipe ASN, Gabriel Stein de Servi]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox