Notícias Adventistas

Batismo marca a vida de jovens calebes

Sapucaia do Sul, RS…[ASN] O batismo, cerimônia que existe desde os templos bíblicos quando um ou mais indivíduos decidem colocar a Deus em primeiro lugar em suas vidas ocorre tradicionalmente em tanques dispostos dentro dos templos. No entanto, há contextos e ocasiões em que se prefere realizar uma cerimônia diferente. Em Sapucaia do Sul, jovens que resolveram tomar um novo rumo na vida graças ao trabalho de participantes da Missão Calebe e projeto Maranata foram batizados ao ar livre, no dia 19 de janeiro.

A cerimônia ocorreu em uma espécie de açude dentro de uma chácara, no bairro Novo Horizonte. Antes do batismo, o diretor de Jovens para a região central do estado, Samuel Camilo, fez uma reflexão espiritual na chácara, na frente do acampamento de “Calebes” e integrantes do projeto Maranata. Equipes dos dois projetos trabalham em favor da construção de uma nova igreja próxima ao local, e ao mesmo tempo, com evangelismo e visitação. Alguns jovens batizados já são frutos desta parceria.

Logo após a reflexão e louvor, todos os presentes se deslocaram em direção ao açude para a cerimônia. O ato de imergir a pessoa na água foi feito pelo pastor Adilson Barros, responsável pelas igrejas adventistas do município de Sapucaia do Sul. Dois dos oito jovens que manifestaram sua decisão publicamente se decidiram apenas durante a programação, depois do apelo do pastor Camilo. É o caso de Ellen, pertencente a uma família que acredita em princípios cristãos, e que já vinha frequentando uma série de eventos da Igreja Adventista, como o Adoletchê em 2012.

O trabalho dos “calebes” de Sapucaia do Sul deve prosseguir nas próximas semanas, se integrando com outras iniciativas, como a Escola Cristã de Férias e ações comunitárias.

Missão Calebe limpa praça central – Eles poderiam ter ficado em casa, jogando videogame, acessando a internet ou talvez mudando de canal enquanto estivessem sentados em frente a uma TV, mas em plena segunda-feira, com o fim das férias se aproximando, voluntários da Missão Calebe foram convocados pelos líderes a se reunirem por volta da 13h da tarde na praça central. O objetivo? Fazer uma operação pente fino no local, beneficiando moradores da região e visitantes.

Além de se preocupar essencialmente com a difusão da palavra de Deus, o projeto Missão Calebe também consiste em ações comunitárias e sociais. Para a voluntária Andressa Giorgin, iniciativas positivas chamam a atenção para uma atitude pouco difundida entre a juventude da região.  “Em Sapucaia do Sul, geralmente é outra realidade. Os jovens não estão muito envolvidos, tanto na causa de Deus como em causas beneficiárias. O trabalho dos calebes tem beneficiado bastante Sapucaia, até porque nós somos exemplos, somos jovens”, compreende Andressa.

O projeto na região central do RS – O departamento jovem da Associação Central Sul-rio-grandense (ACSR), escritório correspondente a região central gaúcha, previa em 2012 que durante o mês de janeiro, haveriam pouco mais de 600 jovens ativos no projeto. No entanto, os dados atuais apontam que mais de 1300 jovens voluntários estão participando da Missão Calebe 3.0. Os números continuam aumentando, já que muitos interessados na Bíblia estão se tornando participantes ativos. [Equipe ASN, Willian Vieira]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox