Notícias Adventistas

Após dois anos de estudos casal se entrega ao batismo

Muitas perguntas, estudos e aprendizado. Este é um resumo do que foram os dois últimos anos da vida de Luíza e Ubiracy Fonseca. Casados há 37 anos e sempre buscando seguir os caminhos de Deus, eles tiveram a vida transformada paulatinamente, mas de forma fidedigna e incontestável.

Família saiu do Espírito Santo para assistir o batismo de Luíza e Ubiracy Fonseca na igreja sede da transmissão da semana A Grande Esperança.

O início de tudo foi quando o filho mais novo do casal começou a namorar Dayani Fonseca, uma jovem adventista do sétimo dia. A princípio a religião da empresária provocou certo incômodo nos sogros. Mas com o passar do tempo o desagrado deu lugar à curiosidade que hoje eles entendem ter sido uma forma usada por Deus para instruí-los à maneira correta de interpretar os princípios bíblicos. “Foram dois anos buscando literaturas, fazendo estudos sobre a Bíblia e assistindo muito a TV Novo Tempo”, conta Luíza. “Sou muito curiosa e instigadora. Então em nosso primeiro estudo coloquei o pastor na mira da verdade com uma lista de 10 perguntas”, brinca fazendo menção ao programa de esclarecimentos bíblicos da TV Novo Tempo.

As dúvidas que antes os afligia, aos poucos foram transformadas em grandes certezas. Certezas estas que fizeram com que o casal viajasse de Vitória, Espírito Santo, para São Paulo, para selarem publicamente o compromisso com Cristo através do batismo na igreja sede da transmissão da semana A Grande Esperança. “Estamos convictos de nossa decisão. Não estamos vindo para a Igreja Adventista simplesmente por emoção”, explica Fonseca. “Antes éramos cegos, mas o Senhor tirou as escamas dos nossos olhos para nós entendermos as verdades da Bíblia. E nós estamos muito felizes por isto”, enfatiza Luíza.

 

Minutos antes do início da cerimônia, Dayani complementa a história de mais um capítulo de suas vidas e de tantos outros envolvidos na pregação da mensagem adventista. O namoro deu certo, virou casamento. Seu testemunho e orações também, se transformaram em uma grande esperança para Ubiracy e Luíza. “É até difícil achar palavras para dizer sobre o quanto eu estou feliz. Para mim isto era algo que parecia impossível. Mas vi Deus agindo durante todo o momento. Estou muito, muito feliz”.

Priscilla Stehling

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox