Notícias Adventistas

Adventistas levam inclusão ao Lar de Crianças de Palmas

Palmas, PR…[ASN] A Bíblia diz e a Constituição Federal também assinala que todos são iguais e têm seus direitos. Acontece que nem sempre a prática aplica a regra e, talvez por isso o termo inclusão tenha sido tão utilizado. Inclusão nada mais é que um conjunto de meios e ações que combatem a exclusão aos benefícios da vida em sociedade.

De olho nesta realidade, os membros da igreja Central de Palmas, no interior do Paraná, decidiu fazer a sua parte. No dia 19 de agosto eles deixaram todos os afazeres para oferecer a 25 crianças o direito de fazer parte de um mundo de alegria.

Na ação eles visitaram a Casa Lar de Palmas, realizando a ação dentro do projeto Quebrando o Silêncio, que em 2012 enfoca a inclusão. Muitos membros se tornaram verdadeiros palhaços, nao somente por estarem vestidos, mas por serem capazes de arrancar sorrisos de crianças que têm a vida marcada por episódios tristres.

Um bate papo sobre o assunto foi realizado com a garotada. Em seguida foram formados grupos, de acordo com a faixa etária, para participarem de : gincanas, filmes e atividades bíblicas. Tudo isso regado à pipoca, bolo, refrigerante e muito bom humor. Ainda dentro da iniciativa, foram entregues materiais impressos do projeto tanto para as crianças, quanto para os funcionários do local.
Amar é incluir – Anilda Marini, diretora da Instituição, disse que sempre recebem doações de roupas, brinquedos e dinheiro, o que é indispensável para o funcionamento da Casa Lar. Mas ela fez também questão de destacar a relevância da atuação da Igreja Adventista, que foi diferente, pois ofertou para as crianças o bem mais valioso que elas podem receber: o carinho – um bem que não tem preço.Os voluntários se emocionaram junto com Anilda, ao sentirem o amor que ela tem pelas crianças. “Todas as crianças que ali estão passaram por algum tipo de rejeição, seja dos pais, dos avós ou até adoções que foram desfeitas”, conta o pastor distrital Mauricio Junges.

Ainda de acordo com o pastor, a equipe sentiu-se privilegiada em poder participar desse momento em que puderam compartilhar amor e misericórdia para com os pequeninos excluídos, como fazia o Grande Mestre desinteressadamente. Para mais informações sobre o projeto, visite o site Quebrando o Silêncio. [Equipe ASN, colaboração do pastor Mauricio Amaral Junges]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox