Notícias Adventistas

ADRA consolida participação na feira ONG Brasil 2012

 

Música feita por crianças deu uma sonoridade especial à feira em SPSão Paulo, SP … [ASN] Pela primeira vez, a ADRA Brasil – Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais participou da ONG Brasil 2012, importante evento do terceiro setor. No estande da agência humanitária adventista, um dos destaques foi a apresentação de seis participantes de um dos núcleos mantidos pela entidade em Cubatão, no estado de São Paulo. Crianças e adolescentes animaram a exposição com música instrumental de qualidade apresentada durante todo o sábado, dia 8, último dia da feira.

O diretor da ADRA Brasil, Paulo Lopes, avaliou como estratégica a participação da ADRA na ONG Brasil 2012. “Tivemos a oportunidade de ver o que outras instituições estão realizando e pudemos mostrar algumas facetas de nossa atuação que é bem ampla tanto sob o ponto de vista territorial quanto de áreas. Em 2013, vamos ampliar nossa participação nessa feira”, afirma Lopes. O estande foi visitado por equipes da TV Novo Tempo, da TV Record e por outras publicações segmentadas de terceiro setor.

Em 2011, a ADRA Brasil realizou 59 projetos de desenvolvimento comunitário e 30 projetos de assistência incluindo resposta a desastres naturais. Essas ações foram responsáveis por beneficiar 444.867 pessoas diretamente e envolveram o trabalho de 656 funcionários e centenas de voluntários. Ao todo, os projetos da ADRA Brasil movimentaram oito milhões e 446 mil dólares americanos em parcerias, convênios e doações recebidas somente no ano passado. Os dados de 2012 ainda não estão fechados.

Boas iniciativas da feira – A feira ONG Brasil 2012 foi caracterizada por um grande número de participantes, inclusive vários projetos e ações com um foco bem definido e com atuação pontual. Próximo do estande da ADRA, encontrava-se um projeto interessante chamado Movimento de Mulheres do Jardim Comercial. O nome já evidencia o público-alvo: mulheres dessa região da zona sul da cidade de São Paulo. A presidente do Movimento, Mirtes de Souza, explica que há 27 anos o trabalho consiste em ajudar mulheres alcoólatras a se reabilitarem e terem uma perspectiva, inclusive de geração de renda. “Seguramente já atendemos mais de 15 mil mulheres com várias necessidades e criamos uma maneira de elas terem, também, um ganho financeiro com material reciclável. Isso se reflete diretamente na autoestima delas”, afirma. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Veja algumas imagens da participação da ADRA na feira em https://www.facebook.com/media/set/?set=a.419432651463292.96355.219845601421999&type=1

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox