Notícias Adventistas

A Grande Esperança transforma a vida de casal no Paraná

À beira da separação, o casal encontrou nova vida com a leitura do livro. Ambos foram batizadosCuritiba, Paraná … [ASN] O casamento de Rodrigo e Márcia ia mal. No trabalho nada dava certo para Rodrigo e as dívidas cresciam. As festas, noitadas e o rock potencializavam ainda mais a crise. Rodrigo sentia que estava entrando em um buraco. Márcia via seus sonhos de família ruírem. Era preciso encontrar ajuda.

“Eu estava percorrendo a rua  realizando a distribuição do livro A grande Esperança, e bati em uma casa. Fui atendido pelo filho mais velho do casal. Conversamos um pouco e dei a ele o livro, recomendando que o entregasse ao pai, assim que ele chegasse”, conta Roosevelt Fritoli. E foi desta maneira que a vida da família Alves da Silva passou a escrever uma nova história.

Quando receberam o livro, Márcia e Rodrigo fizeram a leitura juntos, e decidiram procurar uma igreja adventista.  Mesmo sendo ouvinte assíduo da Rádio Novo Tempo, Rodrigo não fez nenhuma relação entre o livro e os programas que escutava.

Chegando a igreja da Vila Macedo, na capital paranaense, foram acolhidos com carinho pelos membros e naquele mesmo dia disseram que desejavam estudar a Bíblia, pois aquela mensagem de Esperança havia mudado o rumo da família.

Acolhimento – Logo o casal passou a ser atendido pela obreira bíblica Sueli, e eles não deixaram de frequentar os cultos. O mensageiro da esperança, Roosevelt também passou a visitar o casal, acompanhado da esposa.

Durante os estudos, Márcia descobriu que estava com câncer e precisou iniciar a quimioterapia. A igreja então foi acionada e os fiéis iniciaram uma grande campanha de oração intercessora, também compartilhada por membros de outras congregações. “Até no Canadá tem irmãos orando por ela, e temos fé de que ela receberá a cura”, conta Roosevelt.

No dia 23 de junho, o casal e a filha Fernanda foram batizados. “Graças a Deus já vivi esta emoção cerca de 20 vezes, mas é a primeira vez que isto acontece com o trabalho de distribuição de livros. Nós oramos intensamente por aquelas pessoas, pelas ruas que eu cuidava, para que fossem alcançadas por aquela mensagem, e aconteceu”, destaca o mensageiro. Ao todo, Roosevelt distribuiu 200 livros A Grande Esperança. [Equipe ASN, Francis Matos com informações de Edilson Cardoso e Roosevelt Fritoli]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox