Notícias Adventistas

A Grande Esperança resulta na inauguração de uma igreja

 

Após a leitura, Toninho distribuiu mais livros entre os amigos. O resultado disto foi a inauguração da igreja em Linha Pinhão.Cruz Machado, PR…[ASN] No início do ano, devido a impossibilidade de realizar a Missão Calebe em Cruz Machado, na região sul do Paraná, o pastor Hélcio Sônego, de União da Vitória, necessitava de um espaço para armazenar caixas de livros A Grande Esperança. Na tarde deste domingo, ontem, 27 de maio, por causa deste episódio, o pastor inaugurou a segunda igreja do município, em Linha Pinhão, na região rural.
Tudo isto foi possível porque Antônio Lourenço de Souza, conhecido como Toninho, era dono de uma mercearia e permitiu que os livros e outros materiais ficassem armazenados no estoque. Ele já havia recebido o livro, mas ele havia sido deixado de lado. Mas desta vez, ele estava com 5.400 livros!

Toninho vinha, desde a década de 80, quando teve acesso a sua primeira Bíblia, procurando uma igreja que cumprisse o que descobria sozinho, enquanto lia a Palavra de Deus. “Eu frequentei muitas igrejas, mas quando começava a questionar as doutrinas era chamado de rebelde”, lembra, salientando que já estava sem esperança de encontrar a verdade.

Mesmo assim, Toninho contava o que descobria para os amigos que residem em Linha Pinhão, onde ele cresceu. Ali havia um grupo que acompanhava as suas descobertas seguindo a “Igreja de Jesus Cristo”, pois este era o nome que Toninho dava quando lhe perguntavam a qual denominação ele pertencia.

Um dia assistindo televisão ele descobriu a TV Novo Tempo, que há pouco era transmitida em canal aberto no município. Virou telespectador assíduo de programas como Na Mira da Verdade, O Clamor da Meia Noite, Consultório de Família, dentre outros que ele enumera. Ali ele também ouviu falar do livro A Grande Esperança, aquele que ele havia recebido, mas deixado de lado.

Livros

Quando viu o livro na TV, Toninho decidiu que iria ler e, empolgado com a leitura, resolveu também distribuir entre os amigos. Sem a autorização do pastor, abriu uma das caixas armazenadas na mercearia e levou Esperança para os amigos. “Depois eu falei pra ele que tinha feito isso, e ele ficou feliz”, conta Toninho.

Quando descobriu através da TV e da Bíblia que o sábado era um dia santo, Toninho e a esposa perceberam que era hora de deixar de trabalhar na mercearia, que tinha o maior movimento aos finais de semana. Hoje, onde era a mercearia, bem ao lado da casa da família, há uma Igreja Adventista.

 

A verdade

Um dia o pastor foi convidado a visitar o grupo que o Toninho “ministrava a Palavra” na região rural e se surpreendeu ao encontrar mais de 50 pessoas com o livro e ouvindo as leituras bíblicas que ele fazia. Foi então que o pastor e a Associação Sul Paranaense (ASP) decidiram levar Bíblias para serem doadas para aquele grupo, e um obreiro bíblico foi enviado para a região para estudar a Bíblia com as famílias.

Construindo um templo

Antes as reuniões eram realizadas na casa do Divino, amigo de Toninho, mas o número de participantes cresceu muito e era necessário um novo espaço. Por isso, Toninho construiu o templo no terreno doado pelo amigo, e juntos inauguraram a nova igreja. Emocionado ele disse estar realizando o sonho de uma vida inteira, e que em breve pretende ser batizado com a família e os amigos de Linha Pinhão em um rio que corre nos fundos da igreja.

 

No dia da inauguração, cerca de 80 pessoas, moradoras das fazendas vizinhas acompanharam o culto de dedicação do templo. [Equipe ASN, Francis Matos]

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox